As cinco obras primas portuguesas candidatas aos melhores golos da história da UEFA


Cinco golos apontados por portugueses estão na lista dos 60 candidatos a dez melhores golos marcados em competições uefeiras. Além das obras primas de Figo, Rui Costa, Maniche, Hugo Almeida e Cristiano Ronaldo, na lista estão ainda momentos de inspiração de velhos conhecidos do futebol português, como são os casos de Pierre van Hooijdonk, Falcão e Lucho. Aí ficam os vídeos.

Figo, Euro 2000 
Portugal entrou no Euro 2000 com o pé esquerdo. Aos 18 minutos, a equipa das quinas já perdia por 2-0. Eis que aos 22 minutos Luís Figo sacou de um pontapé fulminante que inspirou a equipa a vencer o encontro por 3-2 e a chegar às meias-finais da competição.



Rui Costa, Euro 2004
Naquele que foi provavelmente um dos jogos mais épicos do futebol português, Rui Costa mostrou o porquê de ser o maestro nos quartos de final do Euro 2004 frente à Inglaterra. Colocou a Selecção em vantagem no prolongamento, mas os ingleses ainda conseguiriam chegar ao empate com um golo de Lampard. Nos penaltis, Ricardo brilhou e garantiu o apuramento. 




Maniche, Euro 2004
A Holanda era o que separava Portugal de chegar à final do Euro 2004 no Estádio da Luz. Maniche ajudou a decidir a meia-final com um remate do outro mundo.



Hugo Almeida, Liga dos Campeões 2005
Sim. É verdade. O Hugo Almeida já foi gajo para fazer golos espectaculares, apesar da caída em desgraça perante os adeptos portugueses. O ponta-de-lança mostrou como se marcam livres em San Siro, diante do Inter. A vítima na baliza foi o guardião benfiquista Júlio Cesar. Pena as bancadas estarem vazias...



Cristiano Ronaldo, Liga dos Campeões 2009
Foi no Estádio do Dragão que os famosos mísseis tomahawks de Ronaldo ficaram famosos. Foi o suficiente para o Manchester United assegurar a vitória diante dos azuis e brancos.



Velhos conhecidos do futebol português também estão na lista


Lucho González, Liga dos Campeões, 2006
El Comandante marcou um grande golo para assegurar a vitória do FC Porto por 3-1 frente ao Hamburgo.




                                               Pierre van Hooijdonk, Taça UEFA 2011
Mas houve outros velhos conhecidos do futebol português a integrar a lista dos 60 melhores golos da história da UEFA. O antigo benfiquista Pierre van Hooijdoink tem dois golos seleccionados, ambos marcados ao serviço do Feyenoord ainda antes da passagem pela Luz. Também Falcão e Poborsky assinaram alguns dos melhores golos em provas da UEFA. 


Pierre van Hooijdonk, Taça UEFA 2002


Falcão, Liga Europa 2012
O ponta de lança que maravilhou o Dragão também deixou boas recordações nos colchoneros. Foi decisivo para dar a Liga Europa ao Atlético e fez isto logo nos primeiros minutos da final frente ao Bilbao.  



Karel Poborsky, Euro 2006
Por vezes não somos capazes de apreciar um obra de arte quando esta acaba com os nossos sonhos. Foi exactamente isso que sucedeu a muitos portugueses em 2006, quando Poborsky deixou Vítor Baía colado à relva, eliminando Portugal do Euro 2006. Mais tarde, o extremo checo haveria também de marcar golos para mais tarde recordar na Luz.


Os vídeos dos 60 golos seleccionados estão no site da UEFA e decorre uma eleição para escolher os dez melhores. Qual escolher?



Share on Google Plus

0 comentários:

Com tecnologia do Blogger.