Sporting dá a terceira oportunidade na Europa a Gérson Magrão

Será que à terceira é de vez? O brasileiro Gérson Magrão regressa ao futebol europeu, desta vez para representar as cores do Sporting. A aventura do futebolista polivalente nos relvados do Velho Continente começou cedo. Aos 19 anos, já na longínqua época de 2004, o Feyenoord descobriu Magrão nas camadas jovens do Cruzeiro. Passou três temporadas na Holanda mas nunca se conseguiu impor na equipa principal.

Com a escola holandesa na bagagem, Gérson seduziu os responsáveis do Flamengo. Mas nem a formação na Europa lhe valeu para ganhar espaço na equipa. Foi emprestado ao Ipatinga e iniciou nesse clube a melhor fase da carreira. As boas prestações levaram-no a regressar ao Cruzeiro e, posteriormente, a conseguir uma segunda experiência no futebol europeu, ao serviço do Dínamo Kiev. 

Passou três temporadas na Ucrânia e chegou a disputar vários jogos na Liga dos Campeões em 2009/2010. No entanto, a passagem por Kiev acabou da pior maneira. No início de 2012, com a chegada de um novo treinador ao Dinamo, Magrão foi colocado de parte. A juntar a isso, o futebolista alegou salários em atraso e entrou em litígio com o clube para conseguir a desvinculação. A FIFA viria a dar razão a Gérson, que regressaria ao Brasil.

De volta ao seu país natal, Gérson teve uma passagem discreta pelo Santos e actuou a última temporada no Figueirense da segunda divisão brasileira. Aos 28 anos, vê o Sporting abrir-lhe novamente as portas do futebol europeu. Dada a sua experiência e polivalência (pode jogar a lateral e a médio esquerdo e a trinco ou médio centro) conseguirá afirmar-se em Alvalade?

Share on Google Plus

0 comentários:

Com tecnologia do Blogger.