Maurício, o duro de São Paulo

Para dar mais agressividade e força à defesa o Sporting apostou no central brasileiro Maurício. Além de ter a fama de ser um osso duro de roer o jogador tem também por hábito ir à área adversária para tentar fazer golo, como ficou provado no jogo de apresentação do Sporting frente à Real Sociedad.

Natural de São Paulo, iniciou-se nas camadas jovens do Palmeiras. A formação correu bem e conseguiu chegar à equipa principal do Verdão. No entanto, viu a carreira regredir depois de ter entrado numa cena de pancadaria com um colega de equipa em pleno relvado. O Palmeiras acabaria por despedir o jogador que tentou a sorte no Grêmio. No entanto, não se conseguiu impor na equipa e acabaria por ser despromovido para a segunda divisão brasileira, onde esteve em clubes como a Portuguesa, o Vitória, o Joinville e o Sport Recife.

O Sporting foi resgatá-lo ao segundo escalão do Brasileirão e conta com Maurício para dar alguma solidez e músculo ao sector defensivo. No entanto, a dureza do central pode vir a ser um problema. Na temporada actual, em apenas três jogos pelo Sport viu um vermelho. Isto depois de em 2012 ter visto 13 amarelos em 31 jogos. Ou, nas próprias palavras do defesa: "Durinho? Zagueiro tem que chegar firme, impor-se, senão o atacante atropela".

Maurício em acção

Maurício já factura pelo Sporting
Share on Google Plus

0 comentários:

Com tecnologia do Blogger.