A caminhada de Licá até ao topo do futebol nacional

A grande temporada de Licá ao serviço do Estoril não passou despercebida ao FC Porto. Os dragões deixaram-se seduzir pelas qualidades do extremo de 24 anos após o papel preponderante que teve na época histórica que o clube da Linha.

Licá facturou por seis vezes no campeonato e, mais que isso, foi um grande quebra-cabeças para as defesas adversárias devido à sua velocidade. Antes da época de sonho, o jogador já tinha provado o seu valor em 2011/2012 quando fez 12 golos na II Liga, ajudando o Estoril a conquistar a competição. Foi mesmo eleito o melhor jogador do segundo escalão do futebol português.

O novo atacante do Dragão mostra ainda que nem sempre são as melhores escolas do futebol português que permitem a um jogador atingir o topo. Licá fez a formação na Academia Cultural e Recreativa de Castro de Aire, na sua terra natal. Aos 18 anos estreia-se como sénior no Social de Lamas na III Divisão.

A qualidade evidenciada levaram-no a entrar na Académica, mas nunca se conseguiu afirmar nos Estudantes, saltitando de empréstimos em empréstimos. Passou pelo Tourizense e pelo Trofense. Até que chegou em 2011 ao Estoril e conseguiu fazer explodir todo o seu potencial, que passou durante bastante tempo despercebido aos maiores clubes do futebol nacional.

A questão que se coloca é se com a concorrência forte que vai encontrar no FC Porto, Licá conseguirá agarrar um lugar nos dragões ou se terá de voltar a dar um passo atrás na carreira para poder jogar com regularidade.

Marque golos com os Zés e Pelés no Facebook

Share on Google Plus

0 comentários:

Com tecnologia do Blogger.