Ex-Nacional da Madeira é o guardião menos batido na caminhada para o Mundial

O antigo guarda-redes do Nacional da Madeira, Diego Benaglio, é o menos batido da fase de qualificação europeia para o Mundial 2014. A Suíça tem feito da sua capacidade defensiva uma arma para ter pé e meio no Brasil e Benaglio tem sido um dos garantes dessa solidez.

Em cinco jogos disputados, o guarda-redes suíço sofreu apenas um golo (no empate caseiro a uma bola frente à Noruega). Tem, a par do russo Akinfeev e do eslovaco Kuciac, o melhor registo a nível europeu no que diz respeito a golos sofridos.

Benaglio foi o guardião do Nacional da Madeira entre 2005 e 2006, vindo do Estugarda. Mas as boas exibições na liga portuguesa valeram-lhe o bilhete de regresso à Bundesliga. O Wolfsburgo pagou 1,5 milhões de euros pelo guarda-redes, que se assumiu de imediato como o dono da baliza da equipa germânica. Foi mesmo determinante em levar o Wolfsburgo à conquista do título em 2009. Esta época, no entanto, o desempenho a nível de clubes foi mais fraco. Benaglio foi o quinto guardião mais batido da Bundesliga com 52 golos sofridos em 34 jogos. A equipa terminou em 11º lugar na Bundesliga.

Já pela selecção suíça a situação é bem mais confortável. A equipa helvética segue na primeira posição do Grupo E, com quatro pontos de vantagem em relação ao segundo classificado.

Share on Google Plus

0 comentários:

Com tecnologia do Blogger.