O que é feito de Fábio Rochemback?

O Newcastle não costuma ter boas recordações de Lisboa. Se com o Benfica levou chapa três, há oito anos os ingleses levaram quatro golos do Sporting, também para os quartos-de-final da Taça UEFA. Nessa altura, o golpe de misericórdia dos leões foi aplicado por Fábio Rochemback. 

O médio defensivo de 31 anos continua no activo. Está na China a cumprir a segunda temporada ao serviço do Dalian Aerbin, que terminou no quinto lugar do campeonato da época passada. Apesar de estar longe dos grandes palcos, Roca foi uma das promessas do futebol mundial. Deu nas vistas no Internacional de Porto Alegre e nas camadas jovens da selecção brasileira. O Barcelona viu potencial no jogador, acabando por o contratar. Nesse inicio de carreira promissor, chegou a ser chamado à Canarinha.

No entanto, Rochemback não se impôs nos catalães e acabou por ser emprestado por três temporadas ao Sporting. Mas a quase glória europeia teria de esperar. Teve exibições de encher o olho em Alvaldade, ajudando os leões a atingir a final da Taça UEFA em 2005, onde sucumbiu em casa ao pés CSKA Moscovo. Nessa sua primeira passagem por Alvalade, fez dez golos pelos leões, usando e abusando da potência e precisão do seu pé direito.

Mas a quase glória de Rochemback nas competições europeias não se ficaria por aquela final. Na época seguinte foi contratado pelo Middlesbrough e voltou a conseguir estar presente na final da segunda competição europeia de clubes mais importante. Mas, mais uma vez, deixou fugir o triunfo, com uma derrota de 4-0 frente ao Sevilha.

O médio acabaria por sair do Middlesbrough para regressar ao Sporting a custo zero em 2008. Ainda passou duas temporadas nos verde e brancos, ajudando os leões a conquistar uma Supertaça, mas já não tinha o fulgor nem a elegância dos velhos tempos. Sairia sem grande glória para o Grêmio, onde passou três anos antes de se iniciar na aventura chinesa.

Ajude-nos a marcar golos no Facebook
Share on Google Plus
Com tecnologia do Blogger.