O que é feito de Derlei?

O Porto venceu sem dificuldades o Moreirense. Mas os dragões nem sempre tiveram vida fácil em Moreira de Cónegos. A última vitória dos dragões neste terreno para o campeonato tinha sido em 2002. E a equipa, liderada na altura por José Mourinho, teve de recorrer aos serviços de um ninja, Derlei, para abater o Moreirense.

Derlei foi um dos melhores avançados do futebol português dos últimos anos. Chegou aos relvados nacionais em 1999, vindo do modesto Madureira do Brasil para representar o União de Leiria. E devia, na altura, estar longe de pensar que conquistaria a Europa do futebol e que se tornaria num dos soldados mais importantes para consagrar o general Mourinho. Ao serviço dos leirienses, o ninja conseguiu ser o segundo melhor marcador da Liga Portuguesa em 2002, ultrapassado apenas pelo letal Mário Jardel.

Uma das pedras fundamentais de Mourinho em Leiria, o Special One levou o avançado para o Porto. E no Dragão, o actual treinador do Real Madrid e Derlei venceram tudo o que havia para vencer. Conquistaram duas ligas portuguesas, uma Liga Europa, uma Liga dos Campeões e uma Taça de Portugal.

Após surpreender a Europa, Derlei foi contratado pelo Zenit de São Petersburgo por sete milhões de euros. E a aposta no ninja deu frutos, já que esteve sempre entre os cinco maiores goleadores do campeonato russo. Acabaria por regressar aos relvados nacionais em 2007 para reforçar o Benfica. Mas a carreira na Luz ficou longe dos feitos alcançados no passado. Em 12 jogos marcou apenas um golo. Martirizado por lesões e apupado pelos adeptos, o ninja sairia do Benfica sem grande honra e sem grande glória.

Mas os que prognosticavam que o ninja estava acabado para o futebol enganaram-se. Após a má experiência no Benfica ainda foi a tempo de ajudar o Sporting a conquistar uma Taça de Portugal e duas Supertaças. Chegou mesmo a marcar aos encarnados na meia-final da Taça e a conseguir o tento decisivo para apurar o Sporting para os oitavos de final da Champions em 2008/2009. Em Alvalade, Derlei fez oito golos em 27 partidas. 

Na época seguinte, o peso da idade e das lesões levaram-no a regressar ao futebol brasileiro. Pendurou as chuteiras no modesto Madureira e actualmente, segundo o Mais Futebol, tem uma vida pacata com a família no Brasil. É o descanso do ninja que trucidou defesas nos relvados nacionais e por essa Europa fora. Durante a sua carreira, Derlei fez 70 golos no campeonato português, cinco na Liga dos Campeões e seis na Liga Europa.

Faça uma assistência para Like no Facebook
Share on Google Plus
Com tecnologia do Blogger.