O que é feito de Marinho Peres?

Van der Gaag está a mostrar-se como o salvador do Belenenses. Mas conseguirá o treinador do clube do Restelo igualar o desempenho de um dos técnicos com maior sucesso no emblema da cruz de Cristo? O brasileiro Marinho Peres detém o melhor registo do Belém nas últimas três décadas, tendo conseguido terminar em terceiro lugar na Primeira Liga em 1988. A juntar a isso, levou uma Taça de Portugal para o Restelo em 1989.

Com uma grande carreira como jogador, onde chegou a capitanear a selecção brasileira e a jogar com Cruyff no Barcelona, Marinho Peres chegou a Portugal em 1986 para treinar o Vitória de Guimarães. Conseguiu levar os vimaranenses à sua melhor época de sempre, alcançando o terceiro lugar no Campeonato. Teve várias passagens pelo Restelo, ainda regressaria a Guimarães e chegou a treinar o Sporting entre 1990 e 1992, mas sem ganhar nenhuma competição em Alvalade. Tudo isto intercalando com algumas temporadas a treinar no futebol sul-americano, onde chegou a seleccionador de El Salvador.

Apesar da longa carreira em Portugal, desde Janeiro de 2003 que o brasileiro não dá a táctica a clubes portugueses. Nessa data despediu-se do Belenenses após uma derrota frente à Académica, com o clube do Restelo a ocupar o oitavo posto do campeonato. Isto depois de criticar a política de contratações do clube. Após essa fase complicada, Marinho treinou equipas brasileiras de segunda linha e a última experiência que teve foi há mais de dois anos nos angolanos do Atlético Sport Aviação.

Com 66 anos, Marinho Peres referiu numa entrevista à Rádio Fundação continuar disposto a trabalhar caso lhe apareçam propostas. A questão que se coloca é se algum dia voltaremos a ver o brasileiro no futebol português. E, já agora, se o Belenenses de Van der Gaag conseguirá recuperar o brilho de outros tempos.

Ajude-nos a marcar golos no Facebook


Share on Google Plus
Com tecnologia do Blogger.