O azeri mais famoso do futebol português

Agosto de 1997. O Vitória de Setúbal recebia o Benfica na segunda jornada do campeonato. Para tentar contrariar o favoritismo dos encarnados, os sadinos apostaram na sua frente de ataque num jogador oriundo de uma remota ex-república soviética. Naquela que era a sua segunda partida no campeonato português, Velli Kasumov não tremeu. Marcou o seu primeiro golo em solo português aos encarnados e permitiu ao Vitória superiorizar-se por 1-0 frente ao Benfica.

Kasumov iniciava a sua primeira época em Portugal com o pé direito. E terminaria essa temporada em grande, apontando 11 golos no campeonato. Brilhava em Setúbal e era uma das esperanças dos azeris em conseguir com que a sua selecção fosse arrancando resultados positivos. Entre 94 e 98, Kasumov disputou 14 jogos pelo Azerbaijão, apesar de não ter conseguido facturar em nenhum.

O azeri mais famoso dos relvados portugueses chegou a Setúbal vindo do futebol espanhol, onde representou o Bétis e a o Albacete. Antes da chegada à Península Ibérica, o avançado defendeu as cores do Dínamo de Moscovo, onde conseguiu ser o melhor marcador do campeonato em 1992, e dos azeris do Neftchi. Acabaria a carreira em Portugal. Depois de dois anos em Setúbal, Kasumov escolheu a tranquilidade do Algarve para dar os seus últimos toques de bola, ao serviço do Imortal de Albufeira. 

Após pendurar as chuteiras, Kasumov regressou ao seu país natal. Enveredou pela carreira de treinador e é, actualmente, o seleccionador de sub-19 do Azerbaijão. E tendo em conta que a selecção azeri tem tendência a encontrar-se com Portugal nas fases de qualificação (é a terceira vez desde o apuramento para o Euro 2000 que a selecção de Leste é sorteada no mesmo grupo que Portugal), ainda veremos, no futuro, Kasumov a dar a táctica para complicar a vida à equipa das quinas

O primeiro golo de Kasumov no futebol português





Share on Google Plus
Com tecnologia do Blogger.