Bis de Djaniny não salva Tubarões

Após terem sido uma das sensações na Taça Africana das Nações, os tubarões azuis estão cada vez mais longe do Mundial do Brasil. A selecção de Cabo Verde foi à Guiné Equatorial perder por 4-3, a terceira derrota em outros tantos jogos no seu grupo de qualificação.

Apesar do desaire nem tudo foram más notícias para os cabo-verdianos. Djaniny, ponta-de-lança que está no Olhanense por empréstimo do Benfica, marcou dois golos no encontro. O avançado que os encarnados contrataram ao Leiria conseguiu assim ultrapassar o blackout de golos. É que esta temporada Djaniny apenas fez um golo em 16 jogos, num encontro entre o Benfica B e o Feirense. Desde Agosto que não fazia o gosto ao pé em jogos oficiais. 

O outro golo conseguido pelos Tubarões Azuis teve a assinatura de Platini, extremo-esquerdo dos açorianos do Santa Clara que leva cinco golos na presente edição da II Liga. Mas a grande figura do encontro foi Nsue. O guineense do Maiorca fez um hat-trick. Já o brasileiro naturalizado guineense, Claudiney Ramos, fez o golo da vitória da equipa da casa.

Share on Google Plus
Com tecnologia do Blogger.