O que é feito de Orlando Sá?

Orlando Sá foi o responsável pela última derrota do Benfica na Choupana. No início da época de 2010/2011, o ponta-de-lança marcou o segundo golo do Nacional na vitória frente aos encarnados por 2-1, num jogo marcado pela má exibição do guarda-redes Roberto. 

O actual avançado do AEL Limassol chegou a ser uma das promessas do futebol português e, no início da sua carreira, houve até quem vaticinasse que poderia ser o futuro ponta-de-lança da selecção nacional. Mas, aos 24 anos, está longe da nata do futebol europeu e da selecção de Paulo Bento, apesar de contar já com um internacionalização A (frente à Irlanda em 2009).
 
Formado nas escolas do Braga, Orlando Sá despertou o interesse do Porto em 2009. Isto depois de com apenas 20 anos ter ganho espaço na equipa da cidade dos arcebispos, com dois golos em dez jogos. No entanto, não se conseguiu impor no Dragão, contando com apenas quatro jogos oficiais e um golo. Entretanto, nos sub-21, o jovem ponta-de-lança dava mostras de poder vir a alimentar a selecção principal. Em sete jogos pelos sub-21, Orlando Sá fez outros tantos golos.
 
Em Portugal, o clube onde conseguiu ganhar maior protagonismo foi no Nacional, onde esteve por empréstimo do Porto. Disputou 18 jogos pelos insulares, marcando cinco golos. Os azuis-e-brancos acabariam por deixar cair a aposta e Orlando Sá, que rumou ao futebol inglês na época passada para representar o Fulham. Em terras de Sua Majestade foi pouco utilizado, contando com três jogos a titular e quatro começados no banco na Premier League. Apesar da pouca utilização ainda fez um golo no campeonato inglês, numa partida frente ao Norwich.
 
A passagem por um dos melhores campeonatos do mundo foi discreta e esta época Orlando Sá tenta relançar a carreira no AEL Limassol treinado por Jorge Costa. E esta jornada até fez um golo, na vitória fora do AEL por 3-1 sobre o Ethnikos Achnas. Mas foi apenas o quarto golo do ponta-de-lança esta temporada, com a equipa de Jorge Costa a apostar muito mais no antigo avançado da Académica e do Sporting da Covilhã, Vouho, para visar a baliza adversária. O atleta da Costa do Marfim leva o dobro dos golos de Orlando Sá na competição.Conseguirá a antiga estrela dos sub-21 portugueses recuperar a produtividade e regressar em grande ao futebol português?
 

Alguns dos melhores momentos da carreira de Orlando Sá




Siga-nos no Facebook

Share on Google Plus
Com tecnologia do Blogger.