O que é feito de Evandro Escardalete?

O Sporting foi novamente derrotado em Vila do Conde. Mas o maior desaire na história dos leões no Estádio dos Arcos teve a assinatura de Evandro Escardalete. O avançado que passou dez épocas no Rio Ave bisou na vitória dos vilacondenses por 4-0 frente aos leões em Março de 2004.

Evandro é uma das referências da história do Rio Ave, que tem já como tradição contar com pontas-de-lança eficazes e veteranos, como foi o caso de João Tomás. O avançado chegou a Vila do Conde em 2000, depois de ter passado por vários clubes dos escalões secundários brasileiros, como o Taubaté, o Criciúma e o Londrina, por exemplo. Foi uma das apostas de Vítor Oliveira que tentava, na altura, levar o Rio Ave de novo ao primeiro escalão do futebol nacional.

O clube de Vila do conde acabaria por conseguir a promoção em 2003, já com Carlos Brito no comando. E logo na primeira época de regresso à I Liga, conseguiu golear um dos grandes. Também Evandro teve uma estreia em grande no principal campeonato do futebol português. Marcou 15 golos e foi o terceiro melhor goleador da competição, ajudando o Rio Ave a conseguir um sétimo lugar.

Apesar da época de estreia na I Liga ter sido quase perfeita, o rendimento do avançado que gostava de jogar com o número 4 abrandou. No total das cinco temporadas marcou 25 golos no principal campeonato do futebol português. Depois de uma década em Vila do Conde, regressaria ao Brasil em 2010, para alinhar no Guaçuano, retirando-se ainda nesse ano com 36 anos. Actualmente, Evandro é treinador adjunto da Sociedade Esportiva Itapirense, dos escalões regionais do futebol brasileiro.

Siga-nos no Facebook

Share on Google Plus
Com tecnologia do Blogger.