Heróis da Taça: Pedrinha já deu uma final ao Paços

Em 2009 o Paços de Ferreira chegou à final da Taça de Portugal, muito graças à experiência e nervos de aço do capitão Pedrinha. Após um empate a duas bolas na Choupana frente ao Nacional, os castores venceram os insulares por 3-2 no encontro da segunda mão. Dois dos golos foram marcados por Pedrinha, na conversão de outras tantas grandes penalidades, uma delas no último minuto. No entanto, os pacenses acabariam por perder a final, com uma derrota por 1-0 frente ao Porto.

Aos 34 anos, o médio decidiu pendurar as botas este mês. Terminou a carreira no clube onde a começou, o Penafiel. Apesar de deixar de pisar os relvados, Pedrinha continuará ligado ao mundo do futebol, integrando a equipa técnica rubro negra como adjunto.

Em 17 temporadas, Pedrinha conheceu apenas três clubes. Além do Penafiel e do Paços, emigrou para a Bulgária onde representou o Chernomorets. Conquistou uma Liga de Honra ao serviço dos castores e fez 184 jogos na I Liga, tendo marcado 11 golos. Como médio era aguerrido, o que lhe valeu por algmas vezes a mostragem de cartões. Nos jogos disputados no principal escalão do futebol português viu 43 cartões amarelos e foi expulso por três vezes.
Siga-nos no Facebook

Share on Google Plus
Com tecnologia do Blogger.