Os destaques da fase de grupos da Champions

Terminada a fase e grupos da Liga dos Campeões, destacamos jogadores que actuam ou que já actuaram no futebol português e se evidenciaram na competição de clubes mais importante do mundo.

Começando pelo grupo A, o PSG e o Porto apuraram-se para os oitavos. Na equipa francesa houve um antigo azul-e-branco em destaque. Thiago Silva foi decisivo na carreira da equipa de Paris marcando dois golos nesta fase da competição. Um deles foi marcado contra o Porto e ajudou a equipa a terminar no primeiro lugar do grupo. Já nos azuis-e-brancos, o destaque foi para a tenacidade de James Rodríguez. O colombiano é um dos cinco jogadores que mais remataram na Champions, com 16 tentativas. Marcou um golo e fez duas assistências. Já o Dinamo de Kiev de Miguel Veloso foi repescado para a Liga Europa.

No grupo B, Leonardo Jardim acabou por fazer uma campanha relativamente positiva com o seu Olympiacos. O antigo treinador do Braga terminou o agrupamento em terceiro lugar e ficou apenas a um ponto do apuramento.

Uma das maiores surpresas da competição ocorreu no Grupo C. O Málaga de Eliseu, Duda, Onyewu e Saviola terminou em primeiro do grupo. O lateral pretendido por Jorge Jesus foi uma das figuras da competição. Eliseu fez três golos e uma assistência. Duda também esteve em destaque, bisando num encontro. Já Saviola ficou-se por um tento na Champions. Mas a maior desilusão do grupo foi o Zenit. As contratações multimilionárias de Hulk e de Witsel não resultaram e teve de ser Danny a salvar a honra da equipa. O extremo foi decisivo para ajudar a equipa a garantir um lugar na Liga Europa, estando em grande nas últimas rondas da fase de grupos.

No Grupo D, Ronaldo foi o joker para garantir o apuramento do Real para a próxima fase, atrás do Dortmund. O extremo marcou seis golos e é o melhor goleador da competição a par do turco Yilmaz, com mais um que Messi. Teve tempo ainda para fazer uma assistência e lidera a lista dos mais rematadores da Champions, com 27 tentativas. Também Pepe esteve em grande nível. Além de ter dado equilíbrio à defesa dos merengues ainda conseguiu marcar um golo. Já Di María está entre os jogadores com mais passes mortais para golo, levando já três assistências.

No Grupo E, o Chelsea de David Luiz e de Ramires desiludiu. Os campeões europeus em título terminaram em terceiro lugar do grupo. No Grupo F, o Valencia de João Pereira, Ricardo Costa e Aly Cissokho ficou em segundo. Já o Benfica não conseguiu o apuramento no Grupo G, apesar de ter salvo a presença nas competições europeias ao ficar em terceiro lugar.

Para finalizar, no Grupo H, o Cluj de Paulo Sérgio não conseguiu passar aos oitavos-de-final. Isto apesar de ter vencido em Old Trafford e de ter ganho os dois jogos ao Braga. Entre os maiores destaques dos romenos estiveram Sougou e Rui Pedro. O antigo extremo da Académica é o segundo melhor assistente da competição, tendo feito quatro passes para golo. Apenas Ibrahimovic tem mais assistências que Sougou. Já o avançado formado nas escolas do Porto esteve em destaque ao fazer um hat-trick na recepção ao Braga. Apesar do último lugar do grupo, há um bracarense com motivo para orgulho. Alan está na lista dos melhores marcadores da competição, com cinco golos, tantos quanto Messi e menos um que Ronaldo e Yilmaz.

Share on Google Plus

0 comentários:

Com tecnologia do Blogger.