CR7 perde o rasto a Messi e Falcão

A luta de Cristiano Ronaldo pelo protagonismo na Liga Espanhola já não é apenas com Messi. Um colombiano com alcunha felina decidiu intrometer-se no duelo entre os dois gigantes do futebol mundial. E o capitão da Selecção Nacional está a perder terreno nesta batalha a três.

CR7 leva 13 golos na Liga Espanhola, menos dez que o astro argentino e menos três que Falcão. Messi bisou frente ao Bétis na vitória do Barcelona por 2-1 em Sevilha, o que lhe permitiu bater o recorde de Gerd Muller, enquanto o colombiano marcou cinco ao Deportivo, na goleada por 6-0. Já o extremo português ficou em branco na vitória do Real Madrid por 3-2 no terreno do Valladolid.

Os números individuais são um sinal do que tem sido a época para os próprios clubes. O Barça reconquistou a sua áurea de intocável, liderando a Liga Espanhola com 43 pontos. Já as prestações de Falcão permitem ao Atlético seguir no segundo posto, a seis pontos dos blaugrana e com cinco de vantagem sobre os merengues.

A explicar a diferença de contabilidade entre Falcão, Messi e Ronaldo está a taxa de conversão dos remates. O colombiano é o mais eficaz, com 31% das suas tentativas a acabarem nas redes adversárias. Já Messi marca em 29% dos remates que faz, enquanto Cristiano apenas vê 12% das suas tentativas acabarem em golo.

Além da eficácia, o Barça e o Atlético estão mais dependentes dos golos de Messi e de Falcão que o Real dos tentos de Ronaldo. O argentino marcou 46% dos golos dos catalães na competição, a mesma percentagem que o Tigre no Atlético de Madrid. Já Ronaldo foi responsável por 35% dos golos do Real na Liga Espanhola.

Share on Google Plus

0 comentários:

Com tecnologia do Blogger.