O que é feito de Miguelito?


A última vitória do Rio Ave sobre o Benfica no Estádio dos Arcos aconteceu em 2005, com Miguelito a apontar o único golo do encontro já em tempo de descontos. Na altura, o jogador era um dos laterais-esquerdos mais promissores do futebol português. Mas o tempo não confirmou o aparente potencial de Miguelito que joga agora, aos 31 anos, nos cipriotas do Apollon Limassol.

Após várias épocas a ser o patrão da ala esquerda do Rio Ave, Miguelito jogou no Nacional e os bons desempenhos na Liga Portuguesa levaram-no ao Benfica em 2006. No entanto, o lateral-esquerdo não aproveitou a oportunidade num dos grandes para passar a uma certeza do futebol português. Passou apenas uma temporada e meia no Benfica, onde não deixou saudades aos adeptos. Fez apenas sete jogos no campeonato e seria rapidamente condenado pelo tribunal da Luz.

Ainda teve uma segunda chance de provar o seu valor em Braga, onde passou apenas meia temporada. Mas também não se conseguiu afirmar nos arsenalistas. Depois de passar pela cidade dos arcebispos, Miguelito rumou à Madeira. Após uma época e meia no Marítimo, o lateral foi emprestados pelos insulares ao Belenenses, depois de ter perdido o lugar para Alonso. O clube do Restelo acabaria por terminar o campeonato em penúltimo.

Apesar do desaire, Miguelito conseguiu manter-se no escalão principal do futebol português, passando duas temporadas em Setúbal. Esta época decidiu emigrar para Chipre. Conta no Apollon Limassol com a companhia dos portugueses Bruno Vale, Toni e Dady. O clube ocupa o sexto lugar na liga cipriota a nove pontos do líder. 

Share on Google Plus

0 comentários:

Com tecnologia do Blogger.