O que é feito de Lazzaretti?

Gustavo Lazzaretti foi o último vimaranense a fazer de carrasco do Benfica no Estádio da Luz. A última vitória dos minhotos na Catedral ocorreu num jogo da Taça de Portugal em Novembro de 2009, com o único golo do encontro a ser apontado pelo defesa-central brasileiro na sequência de um pontapé de canto (ver vídeo).

Lazzaretti foi uma das rochas da defesa do Guimarães nessa época, disputando 25 jogos no campeonato. E foi fundamental para o bom registo defensivo dos vimaranenses, com o clube da Cidade do Berço a terminar a Liga com uma média de 1,3 golos sofridos por jogo. A solidez na rectaguarda permitiu à equipa terminar o campeonato no sexto lugar.

O defesa brasileiro actuou em Portugal por empréstimo do Atlético Paranaense. Isto depois do jogador formado na escola do Corinthians ter desperdiçado oportunidades para se afirmar em ligas mais competitivas. Com apenas 19 anos, Lazzaretti conseguiu um vínculo com o Chelsea, mas nunca passou da equipa de reservas e ficou apenas uma temporada nos blues.

Acabaria por regressar ao Brasil e duas épocas mais tarde o Botafogo cedeu-o por empréstimo à Udinese. Apesar de ter feito apenas um jogo na Serie A, a equipa de Udine optou por contratar o joagdor, emprestando-o ao Treviso. Lazzaretti tornou-se uma das primeiras opções deste clube, mas não conseguiu evitar que o Treviso sofresse mais de 60 golos na Serie A e que acabasse despromovido. Era o fim da carreira do ex-vimaranense no futebol italiano.

Após a experiência no Treviso, o defesa foi contratado pelo Atlético Paranaense, tendo estado vinculado ao clube durante seis temporadas. No entanto, os brasileiros cederam-no por uma época ao Vitória, em 2009/2010 e, na temporada seguinte, aos árabes do Al Sharjah, treinados na altura por Manuel Cajuda.

Actualmente, o defesa de 28 anos que fez a vida negra ao Benfica está no plantel do Ponte Preta. Mas não é uma das primeiras opções de Guto Ferreira, antigo treinador do Penafiel. 


Share on Google Plus

0 comentários:

Com tecnologia do Blogger.