Nani em maus lençóis

 
Nani foi alvo da fúria do treinador escocês Alex Ferguson, após a derrota do Manchester United frente ao Chelsea para a Taça da Liga por 5-4. O técnico culpou directamente o internacional pelo terceiro golo dos blues, marcado já em tempo de descontos. Não perdoou que Nani tivesse perdido a bola, momento que deu origem à jogada que levou a uma grande penalidade. Este lance deu a oportunidade ao Chelsea de ir a prolongamento. As críticas de Sir Alex surgiram apesar do português ter conseguido marcar o terceiro golo dos red devils.

"Com o jogo terminado, estávamos com a posse de bola ao pé da bandeirola de canto e o Nani decidiu passar por um jogador e acabámos por sofrer um penalti", referiu Alex Ferguson após o encontro. Com esta crítica, a situação de Nani no Teatro dos Sonhos aparenta ficar mais complicada. Após os rumores da sua saída de Manchester no último defeso, o extremo vê-se agora a lutar para ser uma das primeiras escolhas de Sir Alex. Recorde-se que no passado, o jogador e o treinador já tiveram inúmeros desentendimentos.

Apesar de ter sido titular frente ao Chelsea, desde o início de Outubro que Nani não fazia parte do 11 inicial. Tem apenas 604 minutos disputados em todas as competições. Nesse tempo conseguiu marcar dois golos. Além do protagonismo de Nani para o bem e para o mal, o jogo contou ainda com a prestação decisiva de velhos conhecidos dos relvados nacionais. Os ex-benfiquistas David Luiz e Ramires voltaram a facturar.
Share on Google Plus

0 comentários:

Com tecnologia do Blogger.