Danny eclipsa Hulk e Witsel

Nem Hulk, nem Witsel. O grande reforço do Zenit de São Petersburgo aparenta ser Danny. O internacional português regressou este mês à competição, após mais de oito meses de paragem devido a uma lesão. E no primeiro jogo a titular após ter feito uma rotura total do ligamento cruzado anterior do joelho direito e de ter danificado o menisco, o avançado foi decisivo no empate com o Málaga.

Com a equipa a perder por 2-0 em casa, o luso-venezuelano reduziu a desvantagem para 2-1 (ver vídeo). O golo de Danny permitiu ao Zenit minimizar os estragos e arrancar para o empate num encontro apitado por Olegário Benquereça. Pelos russos alinharam ainda na partida Bruno Alves, Witsel e Hulk, enquanto os espanhóis contaram com a presença do capitão Duda, de Eliseu e Onyewu.

O ponto conquistado pelo Zenit é valioso para manter as aspirações da equipa de continuar nas competições europeias. Os russos ocupam o terceiro lugar do Grupo C da Champions com os mesmos pontos que o Anderlecht. Já sem hipótese de continuar na Liga dos Campeões, o Zenit tem de fazer em San Siro o mesmo resultado que os belgas conseguirem no terreno do Málaga para conseguir um lugar na Liga Europa.

Este foi o quarto jogo de Danny desde o regresso da lesão. Jogou oito minutos contra o FC Rostov, 45 minutos no encontro com o Anderlecht e 85 minutos no jogo com o Volga Nizhny. Além do golo, a boa notícia é que o antigo avançado do Marítimo e do Sporting aguentou os 90 minutos no embate com o Málaga.

Apesar de ter disputado apenas 135 minutos na Champions, Danny tem o mesmo número de golos na competição que Hulk. Isto apesar do avançado contratado ao Porto por 60 milhões de euros ter 230 minutos de jogo. Já o ex-benfiquista Witsel, que custou 40 milhões ao Zenit, tem o registo em branco: nenhum golo e nenhuma assistência na Champions. 

 
 
Share on Google Plus

0 comentários:

Com tecnologia do Blogger.