O que eles fizeram no fim-de-semana

Foi mais uma ronda nos campeonatos europeus repleta de antigos jogadores de equipas portuguesas em destaque. Começando por Espanha, Falcão revelou-se o verdadeiro abono de família do Atlético de Madrid na deslocação ao terreno da Real Sociedad. Além de ter marcado o único golo do encontro, o ponta-de-lança colombiano impediu ainda o Atlético de sofrer um golo, ao fazer as vezes do guarda-redes num corte de cabeça a um tiro de meia distância de um adversário.

O ex-portista leva já nove golos em oito jornadas e é fundamental para manter os colchoneros com os mesmos pontos do líder Barça na La Liga. Os catalães foram à Galiza bater o Deportivo da Corunha por 5-4. Apesar da vitória e do brilho de Messi, houve ainda tempo para um português se destacar. Pizzi conseguiu marcar dois aos blaugrana
 
Já Ronaldo fez novamente o gosto ao pé. Marcou de grande penalidade na vitória caseira por 2-0 do Real frente ao Celta de Vigo. Foi o sexto jogo consecutivo de CR7 a marcar com a camisola dos merengues. Ainda assim, deixou Messi escapar na lista dos melhores goleadores de La Liga. Outro português em destaque foi Hélder Postiga. Fez o primeiro golo na vitória do Saragoça no terreno do Granada por 2-1.

Na Roménia, o antigo avançado do Sporting, Marius Niculae, voltou a facturar na vitória do Vaslui por 1-0. Também Bragança, ex-Marítimo e ex-Olhanense, fez o gosto ao pé, ajudando o Gloria Bistrita a bater por 2-1 o Dinamo Bucareste. Na Turquia Manuel Fernandes foi decisivo para evitar a derrota caseira do Besiktas em casa frente ao Trabzonspor. O médio fez o golo da sua equipa no empate a um. 
 
Mas foi em Chipre que houve mais antigos Zés e Pelés dos relvados portugueses a brilhar. Spadacio (ex-Nacional), Hélio Roque (ex-Benfica), Dossa Júnior (ex-Imortal) e Vouhou (ex-Académica) facturaram na sexta jornada da liga cipriota.
Share on Google Plus

0 comentários:

Com tecnologia do Blogger.