O que é feito de Yuran, Kulkov e Alenichev?


Sergei Yuran e Vasili Kulkov marcaram uma geração no Benfica. Uns anos depois e mais a Norte, Dmitri Alenichev ajudou os Dragões a conquistar a Liga dos Campeões e a Liga Europa. Em vésperas do encontro entre Portugal e a Rússia, recordamos os três russos mais famosos do futebol português.

Apesar de já não estarem activos nos relvados, as carreiras dos três russos no futebol ainda não terminaram. Ocupam agora cargos técnicos, mas com um currículo bem mais modesto nesta nova etapa das suas carreiras.

Yuran, o antigo avançado com um feitio especial, treina uma equipa da Segunda Divisão Russa, o FC Sibir. E tem sido um globetrotter. Já foi o responsável técnico em várias outras equipas russas e em clubes do Azerbaijão, Letónia, Estónia e Cazaquistão. A carreira fora das quatro linhas começou como adjunto do Spartak de Moscovo em 2002, liderado nessa altura por Oleg Romantsev.  Na sua passagem pelo Benfica e pelo Porto, Yuran marcou 22 golos em 86 jogos na Liga Portuguesa. Foi campeão duas vezes e venceu uma Taça de Portugal. Chegou ao Benfica vindo do Dinamo de Kiev. 

Por seu lado, a carreira de Alenichev como treinador é mais recente. O antigo pupilo de José Mourinho, que chegou às Antas vindo do Perugia, começou por orientar a selecção russa de sub-19. Actualmente é o responsável técnico do Arsenal Tula, clube dos escalões inferiores da Rússia. Já o ex-benfiquista Kulkov, conhecido pelos excessos na noite lisboeta, nunca chegou a treinador principal. Desde que pendurou as botas que é treinador-adjunto. Exerceu estas funções no Khimki e no Lokomotiv. Actualmente é adjunto da equipa B do Spartak de Moscovo.

Enquanto jogadores, os três russos viveram os melhores momentos das suas carreiras em Portugal, como, por exemplo, no mítico embate do Benfica com o Leverkusen (ver vídeo). Kulkov e Yuran ainda protagonizaram transferências polémicas em Portugal, ao trocarem o Benfica pelo Porto por estarem na lista de proscritos do então treinador das águias, Artur Jorge.

Após a passagem pelos relvados, a dupla que arrasou no Benfica e no Porto tentou a sorte nos ingleses do Milwall, mas sem grande sucesso. Yuran ainda passou pelo futebol alemão e austríaco, enquanto Kulkov ainda voltou a Portugal para representar o Alverca depois de ter passado várias épocas em clubes russos.  Por seu lado, Alenichev, que ajudou os dragões a ganhar uma Taça Uefa (ver vídeo), saiu do Porto para regressar ao clube do seu coração, o Spartak de Moscovo. 






Share on Google Plus

0 comentários:

Com tecnologia do Blogger.