O estranho caso de Nuno Gomes

Todos deviam ser fãs de jogadores que se dedicam ao desporto-rei até as pernas deixarem de aguentar. Nuno Gomes é um dos exemplos de um desses futebolistas que aparentam apenas querer jogar, sem aquela preocupação pretensiosa de querer sair dos relvados pela porta grande. Depois da saída do Benfica e de não ter sido primeira opção em Braga, o percurso de Nuno Gomes no Blackburn Rovers é uma lição para o futebol português. 

Contrariamente ao que se passa em Inglaterra e Itália, por exemplo, os relvados lusos não são para velhos. E isso retira experiência e maturidade ao futebol, eliminando veteranos que sabem muito da arte do pontapé na bola e que poderiam servir de tutores a atletas mais jovens.

Em sete jornadas, Nuno Gomes marcou quatro golos pelo Blackburn e não está a envergonhar o legado de Alan Shearer, que levou o clube à conquista da Premier League em 1995. A experiência de Nuno Gomes pode ser aproveitada no Blackburn por cinco jovens portugueses que integram o plantel principal, naquilo que poderia ser um exemplo para os clubes nacionais. Além desta Legião Portuguesa, o Blackburn conta ainda com os serviços de um velho conhecido de Alvalade, o montenegrino Simon Vuckcevic. 

Será o suficiente para levar os Rovers de regresso à Premier League?


Share on Google Plus

0 comentários:

Com tecnologia do Blogger.